A importância da leitura para o pleno desenvolvimento da criança.

Antes mesmo de aprenderem a ler, as crianças adoram ouvir histórias, manusear os livros e admirar as gravuras coloridas. A leitura possibilita um amplo aprendizado estimulando a recreação, influenciando de forma positiva em seus desenvolvimentos emocionais, sociais e cognitivos das crianças.

A leitura amplia o vocabulário, tornando-o enriquecido, além disso, as crianças exploram as imagens dos cenários das histórias contadas, o que torna a história muito mais envolvente. Nesse momento o aluno também assimila a gráfica correta junto com as fonéticas das palavras. Imersos no mundo da história, a criatividade dá asas à imaginação. Ajudando no crescimento individual de cada indivíduo, em seu processo educacional.

O Ministério da Educação (MEC) lançou o programa “Conta pra Mim”, que estimula a leitura de livros infantis no ambiente familiar. Alunos da rede pública que cursam o 1º e o 2º ano do ensino fundamental são o público-alvo da iniciativa. O programa faz parte da Política Nacional de Alfabetização e, além do estímulo da leitura diária, criará “cantinhos de leitura” para narração de histórias, atividades lúdicas e estímulo à atividade intelectual em creches, pré-escolas, museus e bibliotecas.

 

É chamado de Analfabeto funcional aquele indivíduo que tem dificuldade de compreender textos simples. Geralmente são pessoas que conseguem ler decodificando, ou seja, dão a impressão de leitura, mas esta leitura não é funcional, pois não há interpretação do que se lê.

Ser plenamente alfabetizado é uma necessidade para que tenhamos sucesso em várias áreas e a alfabetização deve ser encarada, desde cedo, com muita seriedade, não apenas na escola, mas também pela família. O processo de alfabetização começa muito cedo, ainda na Educação Infantil, quando a criança começa a ter contato com letras e números. Cabe à família incentivar, do modo que melhor conseguir, para que a criança tenha apoio nesta fase, que é vital para sua futura aprendizagem.

Atualmente há uma grande quantidade de crianças que apresentam demora na alfabetização e a culpa não é totalmente da escola. Durante o período de estudo o professor promove o contato e situações de aprendizagem diversas, mas se o mesmo não ocorre fora do ambiente escolar, se torna um fenômeno isolado, sem sentido para a criança. Ela deve ser cobrada e incentivada fora da escola também, para que se interesse pelo próprio processo de aprendizagem e tenha maior sucesso na alfabetização.

 

A fim de concluir, foi visto que a leitura ajuda no desenvolvimento da criança, pois amplia o vocabulário, tornando-o enriquecido, além disso, as crianças exploram as imagens dos cenários das histórias contadas, e faz parte da alfabetização do indivíduo. O processo de alfabetização começa muito cedo, ainda na educação Infantil, quando a criança começa a ter contato com letras e números, por isso a necessidade da leitura desde cedo. Ademais, cabe à família incentivar, do modo que melhor conseguir, para que a criança tenha apoio nesta fase, que é vital para sua futura aprendizagem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *