Ações para moradores de ruas devem levar em conta particularidades de cada caso

“Não existe solução imediata para um problema tão complexo como o fenômeno ‘situação de rua’, visto que para uma pessoa chegar nessa condição passa por várias experiências marcantes e individuais”, pontua leitor

O crescimento da população de rua é incontestável. A Grande Vitória (ES) tem, hoje, 1.047 pessoas nessa situação. Na última semana, perguntamos a leitores do Gazeta Online e de A GAZETA qual seria uma solução viável para o problema social. Os participantes ressaltaram, principalmente, que não se deve uniformizar a população de rua: cada um deles possui uma história e particularidades que precisam ser levadas em conta na hora de colocar em prática políticas públicas para mudar esse cenário.

Continue lendo a matéria completa em: http://www.gazetaonline.com.br/opiniao/2017/06/acoes-para-moradores-de-ruas-devem-levar-em-conta-particularidades-de-cada-caso-1014064675.html

Foto: dgabc.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *