Jessé Souza: ‘A classe média é uma espécie de capitão-do-mato da elite’

São Paulo – “Jessé, você acha que ainda vai viver pra ver a abolição no Brasil?” Foi com essa pergunta provocativa ao sociólogo Jessé Souza que o apresentador Juca Kfouri iniciou a edição desta terça-feira (27) do programa Entre Vistas, da TVT.

Definindo a si mesmo como um otimista, Jessé Souza disse que tem sim esperança em ver o fim real da abolição no Brasil. E usou como comparação a situação vivida pela Alemanha nos anos de 1960, quando houve um choque entre a geração que apoiou o nazismo e a geração seguinte do pós-guerra.

Para o autor do livro A Elite do Atraso – da escravidão à Lava Jato, o Brasil passa por um momento histórico regressivo, com influência importante da mídia tradicional no processo. Ainda assim, ele vê saída. “Há setores privilegiados que podem aderir a um sistema progressista, incluindo parte da classe média manipulada pelo golpe”, analisa Jessé.

Leia na íntegra: https://www.diariodocentrodomundo.com.br/escravidao-define-o-brasil-mas-nao-para-sempre-por-luiz-augusto-de-paula-souza/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *